Ciclofaixa da R. Bocaiúva


Mais uma vez um MALtorista estaciona sobre a Ciclofaixa e passeio na Rua Bocaiúva, quando a Guarda Municipal passa por aqui eles tem que autuar os infratores e fiquei observando que diversos motoristas ao avistar a viatura em serviço, simplesmente passavam batido. Minutos depois que a viatura da GM deixou o local, nada mais que sete carros estacionaram aqui, a ciclofaixa ficou quase que totalmente coberta por motorizados. Vi alguns ciclistas tendo que correr risco ao ter que pedalar na faixa onde os carros passam muito acima da velocidade permitida e espremidos por outros carros também estacionados do outro lado. Percebem? Uma rua de duas largas faixas e com ciclofaixa se torna uma via de faixa única e estreita, simplesmente pelo individualismo egoísta de MALtoristas que estacionam onde bem entendem, causando os congestionamentos de que eles mesmo tanto reclamam (ao lado temos o shopping com estacionamento coberto e seguro). Multas poucas e de pouco valor dá nisso, não “educam” e com essa sensaçào de impunidade estimulam motoristas irresponsáveis.

Um outro detalhe é que as pessoas que passavam caminhando ao lado Parabenizavam o trabalho dos servidores/Guardas Municipais (afinal os carros impedem as pessoas de passar pelo passeio) e alguns motoristas reclamavam do congestionamento que estes infratores (carros estacionados em local proibido) causavam, pois a viatura para autuar tem que parar sobre a faixa e não sobre a Ciclofaixa, pelo desrespeito de alguns MALtoristas o fluxo do trânsito é prejudicado!

Fotos com baixa resolução com telefone celular.

Matéria publicada no Diário Catarinense de 13 de março de 2011, relatando alguns problemas da falta de segurança para os usuários de Bicicletas em Floripa.

Dias atrás quando caminhava pela rua Bocaiúva encontrei uma amiga Ciclista que vinha “tranquilamente” pela ciclofaixa e neste quarteirão em um raro momento sem automotores sobre ela. Parada no sinal esperando abrir a fotografei com meu celular.

Quando partiu seguindo seu caminho para o trabalho, após cruzar a rua Altamiro Guimarães, sobre a ciclofaixa uma motocicleta estacionada inclusive “ocupando” parte da faixa de rolagem dos automotores e dois cones que um dos estabelecimentos colocam para evitar que carros esacionem em frente a sua entrada. Chega a ser tão absurdo… , afinal ali é uma ciclofaixa e totalmente irregular estacionar sobre ela. Estes desrespeitos  obrigaram a ciclista a subir no passeio para poder proseguir seu caminho ao trabalho !

 

 

Os problemas da “Imobilidade urbana”, além do absurdo número de carros nas ruas, são causados pelos próprios motoristas que não seguem as regras. Resumindo, 94% dos “acidentes” no trânsito podem ser evitados somente respeitando o Código de Trânsito Brasileiro, será tão difícil assim? Se for então, essa parcela não pode estar no comando de um automotor, em nome da vida!  Editorial e artigo, aqui.

Na rua Bocaiúva, apesar da viatura da Guarda Municipal estar na via, o carro estaciona sobre a ciclofaixa e passeio na certeza da impunidade e pior, quando são autuados reclamam que aqui há uma “indústria” de multas. Sendo que na verdade temos sim uma fábrica de infratores, pessoas individualistas e egoístas.

MULTAS JÁ E NÃO DE BAIXO VALOR COMO ATUALMENTE!!!


Um veículo “milionário” estaciona sobre o passeio e ciclofaixa e nem sinal do proprietário. Detalhe é que ao lado tem estacionamento coberto e seguro mas, o individualismo egoísta ainda é predominante.

Placa: MLA 0053

Aqui o posto de correio tem estacionamento mas …….

Placa: MDU 6845

E o pedestre que passe “espremido” entre o furgão e os muros. O Ciclista que passe pela faixa de rolagem. E este motorizado ainda sai sem multa e achando que está com a razão?!?!

09/março/2010

Todo dia é assim …

motoristas egoístas, individualistas e infratores da Lei …

sempre impunes ?!?!?!

MGV 0304 – Estacionado sobre a Ciclofaixa e Passeio !!!

———————————————————————————————————

Sobre a Ciclofaixa sem nenhum tipo de constrangimento!?!?!

E-mail de uma Ciclista e Cidadã  de Floripa relatando a dificuldade de pedalar pelas ciclofaixas.

E também a vontade de participar da Bicicletada.

“Boa tarde amigo Daniel,

Li hoje a tua carta no diário do leitor. só falta o pessoal obedecer a ciclofaixa. Venho pela ciclofaixa da rua Bocaiúva, na beira mar norte e na faixa tem caminhão, carro estacionado. E as motos usam a mesma faixa para cortar caminho quando está engarrafado. 

Não vou participar [da Bicicletada da Lagoa] pois não tenho fôlego de sair da praça dos bombeiros e ir até a lagoa e depois voltar mas, um dia irei com vcs.me lembre da bicicletada da UFSC. Gostaria de participar.

Bom passeio.

Sigrid”

Enquanto passava pela Bocaiúva me deparei com um “grande carro” (camionete) sobre a ciclofaixa e calçada. Cumprimentei o jovem motorista e informei que estava sobre a ciclofaixa e calçada impedindo a passagem de ciclistas e pedestres e logicamente cometendo infrações de trânsito. Mais uma vez entre resmungos e outros, ele e seu companheiro, outro jovem, me disseram que assim como em Garopaba a ciclofaixa foi pintada de preto e desativada, como esta que estou em cima!!! De qualquer forma ele sabia que era uma ciclofaixa e que a calçada não para carros, mas a certeza que não seria multado  fazem com que o individualismo de muitos motoristas ocasionem estes fatos, gerando, entre muitos problemas, os congestionamentos.

Ciclofaixa ficando preta é porque está sendo desativada ???? Desculpa Idiota essa ....

Próxima Página »